" O que é a Maçonaria? - G.:L.:U.:S.:C
G.:L.:U.:S.:C - Grande Loja Unida de Santa Catarina – Maçonaria em Santa Catarina

O que é a Maçonaria?

A Maçonaria é definida como uma Instituição Universal, na qual um sistema moral e de ética social a tornam essencialmente filosófica, filantrópica, educativa e progressiva. É formada  por pessoas de todas as raças, credos e nacionalidades, acolhidas por Iniciação e congregadas em Lojas, nas quais, por métodos ou meios racionais, auxiliados por símbolos e alegorias, estudam e trabalham para a construção de um mundo melhor, apoiado no Amor Fraternal.

Proclama dentro dos seus princípios maçônicos, a prevalência do espírito sobre a matéria, a luta incansável pelo aperfeiçoamento moral, intelectual e social  da humanidade, por meio do cumprimento do dever, da prática desinteressada da beneficência  e da constante investigação da verdade.

A Maçonaria condena a ignorância, o fanatismo, a superstição, o obscurantismo e a tirania em todas suas formas. Luta incansavelmente pela felicidade do gênero Humano e pela sua emancipação progressiva e pacífica. Luta pelo interesse da causa pública, identificando o Maçom como um CONSTRUTOR SOCIAL.

Sustenta como deveres essenciais de todo Maçom, a crença num Ser Superior, a fidelidade e o devotamento à Pátria, a obediência às Leis Democráticas do País e o Amor à Família.

Perguntas frequentes sobre a Maçonaria

GLUSC

GLUSC

1. O que é a Maçonaria dos nossos dias?

A MAÇONARIA é uma instituição essencialmente Filosófica, Filantrópica, Educativa e Progressista. É Filosófica porque em seus atos e cerimônias ela trata da essência, propriedades e feitos das causas naturais. Investiga as Leis da Natureza e relaciona as primeiras bases da Moral e da Ética pura. É Filantrópica porque não está constituída para obter lucro pessoal de nenhuma classe, pelo contrário, suas arrecadações e seus recursos se destinam ao bem estar do Gênero Humano, sem distinção de nacionalidade, sexo, religião ou raça. Educativa porque procura conseguir a felicidade dos Homens e Mulheres por meio do estudo e do aperfeiçoamento moral e intelectual. É Progressista porque não se aferra a dogmas e superstições, pregando a Liberdade Absoluta de Consciência. Prima pelo esforço dos Seres Humanos na busca da Verdade.

2. A Maçonaria é uma sociedade secreta?

A Maçonaria não é uma sociedade secreta, e sim discreta, pois não oculta a sua existência. O objetivo e propósito da Maçonaria, as suas Leis, História e Filosofia têm sido divulgadas em livros que estão à venda em qualquer livraria. Os únicos segredos que a Maçonaria conserva são as Cerimônias usadas na admissão de seus Membros e os meios usados pelos Maçons para se reconhecerem.

3. A Maçonaria é um partido político?

A Maçonaria não é um partido político, nem tem partido. Como princípio, a Maçonaria apóia o amor à Pátria, o respeito às Leis e à Ordem, pugnando pelo aperfeiçoamento do Ser Humano. Os Maçons são instruídos a serem cidadãos exemplares e a afastarem-se de movimentos cuja tendência seja a de subverter a Paz e a Ordem da Sociedade. São também cumpridores das ordens e das leis do país em que estejam, sem nunca perder o dever de amar o seu próprio país. A Maçonaria promove o conceito de que não pode existir direito sem a correspondente prestação de deveres, nem privilégios sem retribuição, assim como privilégios sem responsabilidade.

4. A Maçonaria é uma sociedade de auxílios mútuos?

A Maçonaria não é uma sociedade de auxílios mútuos, não assegurando uma fonte de rendimentos para qualquer dos seus Membros, mesmo os que ocupam cargos. Contudo, a Maçonaria empenha-se em que nenhum de seus membros sofra necessidades, ou seja, um peso para os outros.

5. Então o que é a Maçonaria?

A Maçonaria é uma Organização Mundial de Homens e Mulheres que, através de formas simbólicas dos antigos construtores de Templos, voluntariamente se uniram para o propósito comum de se aperfeiçoarem na Sociedade, admitindo em seu seio Seres Humanos de caráter, sem considerar sua raça, cor, sexo ou credo.

6. A Maçonaria é uma religião?

Não. A Maçonaria não é uma religião. É uma sociedade que tem por objetivo unir os Membros em uma verdadeira Fraternidade.

7. O que a Maçonaria combate?

Os erros, os preconceitos, a ignorância, a superstição, o fanatismo, o orgulho, o vício, a discórdia, etc.

8. Quais as condições individuais indispensáveis para poder pertencer à Maçonaria?

Ser livre e de bons costumes, ser consciente de seus deveres para com a Pátria, seus semelhantes e consigo mesmo, ter uma profissão ou ofício Lícito e Honrado que lhe permita prover as suas necessidades pessoais, de sua Família e a sustentação das Obras da Instituição.

9. O que se exige dos Maçons?

Respeito às suas Constituições, estatutos, regulamentos e ao princípio Democrático que a rege. Amor à Pátria, Respeito aos Governos legalmente constituídos, acatamento às Leis do País. E em particular, a guarda dos sigilos dos Rituais Maçônicos, conduta correta e digna dentro e fora da Maçonaria; a dedicação de parte do seu tempo para assistir às reuniões Maçônicas, a prática da Moral, da Igualdade e da Solidariedade Humana e da Justiça.

10. O que se obtém sendo Maçom?

A possibilidade de se aperfeiçoar, de se instruir, de se disciplinar, de conviver com pessoas que, por suas palavras e por suas atitudes, podem constituir-se em bons exemplos, encontrar afetos fraternais em qualquer lugar em que se esteja, dentro ou fora do país. Finalmente, a enorme satisfação de haver contribuído para a importante Obra Moral levada a efeito pelos Maçons. Ostenta o seu lema Liberdade, Igualdade e Fraternidade, com a abstenção de bandeiras político-partidárias e dogmáticas.

11.Qual é o seu objetivo?

Seu objetivo é a investigação da Verdade, o exame da Moral e a prática das Virtudes.

12. O que entende a Maçonaria por Moral?

Moral é para a Maçonaria uma filosofia baseada no entendimento Humano. É a Lei Natural e Universal que rege todos os seres racionais e livres, onde esse maravilhoso código de convivência nos ensina nossos deveres e a razão do uso dos nossos direitos. Ao penetrar a Moral no mais profundo de nosso Ser, sentimos o triunfo da Verdade e da Justiça.

13. O que entende a Maçonaria por Virtude?

A Maçonaria entende que Virtude é a força de fazer e agir bem em seu mais amplo sentido; é o cumprimento de nossos deveres para com a Sociedade e para com a nossa Família, sem interesse pessoal.

14. O que entende a Maçonaria por dever?

A Maçonaria entende por dever o respeito aos Direitos dos Indivíduos e à Sociedade. Porém não basta respeitar a propriedade apenas, mas também devemos proteger e servir aos nossos semelhantes.

15. A Maçonaria Universal obedece a uma autoridade máxima?

Nem mesmo em um país como os Estados Unidos que agora se compõe de 50 Estados e conta com milhões de Maçons, a Maçonaria obedece a uma única autoridade máxima. Como indivíduos os Maçons obedecem a seus princípios, e a Maçonaria, como instituição, segue sua Carta de Princípios, que determinam seu direcionamento, dentro dos Usos e Costumes da Ordem. Prima, no entanto, pela obediência às Leis Democráticas do País em que se situa, e pelo respeito a todos os princípios que considera válidos e justos.

16. A Maçonaria aceita a Mulheres como Membros?

Sim, mesmo antes da fundação da primeira Grande Loja, a Maçonaria já aceitava Mulheres em Lojas independentes. A Irmã Maria Deraismes, iniciada em 14 de Janeiro de 1882, na Loja “Les Libres Penseurs”, em Peck – uma pequena cidade a oeste de Paris, foi a primeira Mulher Maçom a fundar, em 4 de abril de 1893, uma Potência Maçônica Mista no Mundo, juntamente com Georges Martin, Maçom francês de alta reputação.

Fonte