" Nossa História - G.:L.:U.:S.:C
G.:L.:U.:S.:C - Grande Loja Unida de Santa Catarina – Maçonaria em Santa Catarina

Nossa História

Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento do ser humano enquanto indivíduo e construtor social e, tendo como base os ensinamentos da Ordem Maçônica e a própria Constituição da República Federativa do Brasil, que garante a igualdade entre os gêneros e, sendo esta um dos princípios básicos para uma sociedade social verdadeiramente livre , no dia 8 de novembro do ano 2010 da E\V\, e 6009 da V\L\ de Hermes Trismegisto, no Oriente de Itajaí, um grupo de 48 homens e mulheres, livres e de bons costumes, todos iniciados nos mistérios da Ordem Maçônica e procedentes de diferentes regiões do orbe, fundaram 3 Lojas Maçônicas Mistas e Independentes. Conforme consta na Ata da referida fundação, as Lojas foram denominadas: A\R\L\S\ PENDULUS Nº 01; A\R\ L\S\ LUZ DE GAIA No 03 e A\R\L\S\ UNIVERSIA nº. 05.

A medida que se desenvolviam os trabalhos em caráter semanal, as referidas Lojas perceberam a necessidade de uma organização central administrativa dos mesmos. Assim após amplo debate, os obreiros concluíram que era eminente e urgente a fundação de uma Potência a fim de ter uma organização mínima dos trabalhos, dentro de uma proposta holística que se desenhava pelos intensos debates.

De assim ser, em 15 de dezembro do ano 2010 da EV e 6009 da VL de Hermes Trismegisto, no Oriente de Itajaí, às 20:00h reuniram-se, sob a Presidência do “Pastmaster” Ir\ José Carlos Machado, os Veneráveis Mestres das Lojas Independentes: A\R\L\S\ PENDULUS nº01; A\R\L\S\ LUZ DE GAIA nº03 e A\R\L\S\ UNIVERSIA no5 com demais Mestres Maçons das referidas Lojas, em local privado à Rua Vereador Abílio Otávio do Canto nº 169, Bairro Ressacada, no Oriente de Itajaí Santa Catarina Brasil, com a finalidade de fundar uma Potencia Maçônica Mista, congregando, em igualdade de condições, homens e mulheres, livres e de bons propósitos dispostos a trabalhar pela humanidade e pelo aperfeiçoamento da Civilização, através dos Princípios Maçônicos Universais.

A Ata desta reunião deliberativa, relata a decisão por unanimidade da fundação da Potência Maçônica denominada “GRANDE LOJA UNIDA DE SANTA CATARINA”, que adotaria a sigla G\L\U\S\C\ e seria uma entidade Maçônica Independente e Soberana, com abrangência em todo o território catarinense . Relata ainda, que assumiriam a partir daquele ato, com a missão de elaborar a sua Constituição, Regulamento Geral e seu Estandarte, uma Diretoria Transitória, Presidência do “Pastmaster” Ir\ José Carlos Machado e Mestres Maçons procedentes das 3 Lojas independentes.

Ser.: Gr.: Mestre Irmão José Carlos Machado. Fonte: Arquivo da GLUSC.

Ser.: Gr.: M.: Irmão José Carlos Machado – G.: 33
Fonte: Arquivo da GLUSC.

Em 21 de fevereiro de 2011, da E\ V\ a G\L\U\S\C\ realizaria sua 1ª Sessão Ordinária com o objetivo de realizar Eleição para os cargos administrativos das A\R\L\S\ PENDULUS nº01; A\R\L\S\ LUZ DE GAIA nº03 e A\R\L\S\ UNIVERSIA no5. Após a realização das mesmas, a Sessão foi transformada na 1ª. Assembléia Geral da G\L\U\S\C\ onde a diretoria até então provisória, foi eleita por unanimidade para um período administrativo de 3 anos, sendo o primeiro Ser\ Gr\M\ o Ir\ Jose Carlos Machado, e após serem analisados, foram aprovados também por unanimidade a Constituição, o Regulamento Geral e o Estandarte da G\L\U\S\C\.

Assim, a 1ª. Diretoria encarregada da grande missão de organizar administrativamente a Potência, tomaria posse em presença de seus obreiros e de representantes de outras Potências, na Sessão Magna realizada em 29 de fevereiro de 2011 da E\ V\ em sua sede, no Oriente de Itajaí. Consta nos registro deste ato, que a GRANDE LOJA UNIDA DO PARANA – G\L\U\P\, com sede no Oriente de Curitiba, Paraná, Brasil, por seus representantes se fez presente.

Em 13/04/2011 a GRANDE LOJA UNIDA DO PARANÁ – G\L\U\P\, emite o Decreto No. 212/2011 assinado pelo seu Ser\ Gr\ M\ e pelo seu Gr\ Secr\ de Coordenação Administrativa que autorizaria, G\L\U\S\C\, o usos de seus rituais e manuais. Esta ação, foi fundamental para o funcionamento das Lojas e fortaleceu os laços de amizade e cooperação mutua entre os obreiros de ambos orientes pois demonstrou que acima de tudo está o principio da fraternidade.

Vencidos todas as etapas que se faziam necessárias para a obtenção do reconhecimento como Potência Maçônica, novos desafios surgiam. De fundamental importância para a consolidação da G\L\U\S\C\, era assegurar aos seus obreiros a continuidade de seus estudos nos diferentes Graus da Maçonaria. A implantação dos Graus Filosóficos dentro de sua proposta filosófica, constituiria mais um desafio a ser vencido. Dessa maneira, em 13 de agosto de 2011 da E\V\, a G\L\U\S\C\ assinaria Convênio de Mútua Colaboração com o SUPREMO CONSELHO DO GRAU 33 FRANCISCO DE MONTEZUMA do Paraná. Este convênio, não só permitiria a fundação da primeira Loja de Perfeição da Potência, que recebeu o nome de FENIX, como também tornaria a G\L\U\S\C\ uma Potência completa em relação a propiciar ao seu quadro de obreiros, ferramentas para o inteiro desenvolvimento intelectual e moral nos diferentes Graus da Maçonaria Simbólica e Filosófica.

Encontramos registro que datada aos 16 dias do mês de março de 2012 (E:.V:.), o Ser\ Gr\ Mestre da GLUP Ir. Jose Aparecido Gomes, juntamente com Past-Grão Mestre Ir\ Jocelino Alves de Freitas entregaram, no encontro da COMAM em São Paulo ao Ser\. Gr\ Mestre da G\L\U\S\C\ ,Ir\ Jose Carlos Machado a Carta Patente, que reconhecem como Obediência Maçônica Soberana e Independente, a GRANDE LOJA UNIDA DE SANTA CATARINA – G\L\U\S\C\ . para trabalhar nos Graus Simbólicos.

Mas, é durante o período de 15 a 18 de março de 2012 que a G\L\U\S\C\, alcançaria o completo reconhecimento. Durante este período a Potência participaria na qualidade de observadora, da Assembléia Geral da Conferência Maçônica Americana – COMAM, no Oriente de São Paulo, Brasil. Este organismo que congrega Grandes Obediências Maçônicas nas Américas, aceitaria a G\L\U\S\C\ como seu Membro Ativo. Esta filiação, contribuiria fortemente para torná-la uma Maçônica Mista reconhecida nacional e internacionalmente, pois a partir deste evento, inúmeros Tratados de Amizade e Reconhecimento com diversas Potências Maçônicas do Orbe foram assinados.

Assim, na aurora do novo milênio, a G\L\U\S\C\ , nasce como um novo despertar da Ordem Maçônica, onde por meio da manutenção de seus ensinamentos pautados na tradição milenar, os reordena, adaptando-os aos novos tempos da evolução humana. O grande poeta e escritor português Fernando Pessoa referencia muito bem o pensamento da G\L\U\S\C\ quando escreveu:

“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo e esquecer os nossos caminhos que sempre nos levam aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado para sempre, à margem de nós mesmos”